Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      
Principal - Artigos - Luis Carlos Amorim: Diário da Pandemia- Brasil Hoje


Artigos



Diário da Pandemia- Brasil Hoje

Por Luis Carlos Amorim

Quase final de semana de novo, estamos no final do mês de abril. Os últimos dias mesclam o sol, lindão, conferindo a luz única de Lisboa, com nuvens, que deixam a cidade cinza. Procuramos tomar um pouco de sol na sacada, pois procuramos não sair de casa, só em caso extemo. E hoje tive que sair, de novo, para ir ao supermercado, comprar um bacalhau, uma dourada para assar, que é um peixe delicioso. E tem um pouco mais de pessoas nas ruas do que a última vez que saí. Acho que essa pequena debandada, aliada à necessidade de reativação da economia, influiu na decisão das autoridades portuguesas no começo da liberação para abertura de parte do comércio, volta ao trabalho, etc. Eles tinham cogitado começar a autorizar a abertura de parte do comércio para o dia 11 de abril, depois para uma data mais perto e hoje anunciaram que segunda-feira começa o recomeço.

Não que a pandemia tenha acabado, que ela continua “estável” aqui em Portugal: o número de mortes é mais ou menos igual nos últimos dias – vinte, vinte a poucos por dia -, os testes continuam sendo feitos e o numero de infectados continua a aumentar . Pouco, mas continua. E são feitos muitos testes, talvez não o suficiente, mas muitos. Como será com muita gente nas ruas, fora de casa? As escolas não abrirão, pelo menos a princípio, e os pais que precisam ficar com os filhos menores de doze anos em casa continuarão a ter o subsídio para sobreviverem (parte do salário), pois o prazo do benefício era para três meses. Será que a curva da pandemia, que agora está “estável” ou até em pequena descendência, continuará assim?

No Brasil, a liberação incentivada pelo presidanta não está resultando. De ontem para hoje foram mais 474 mortes. É assustador como esse número aumentou em 24 horas: quase duzentas pessoas a mais! E quase quinhentas pessoas mortas em um dia é terrível, o Brasil está indo no mesmo caminho dos Estados Unidos. Será que o exemplo de outros países como Itália, Espanha, Estados Unidos, não serviu para nada, nosso presidanta não está vendo isso? Deus proteja nosso Brasil. Brasileiros, cuidem-se, por favor. Está totalmente fora de controle. Parece que, graças ao presidanta, o pico chegou. E ele poderia ser bem mais ameno.

E já que hoje o diário não está ameno nem bem humorado, vou transcrever uma coisa que achei na internet, sem autor, mas com a data de hoje:
“Para não esquecer.

Data: Terça, 28 de abril de 2020.

- Estamos há 39 dias de isolamento social.

- O dolar está valendo R$ 5,72, o euro R$ 6,27.

- As escolas estão fechadas.

- Há linhas/fitas dentro das lojas para afastar as pessoas.
- Bares e restaurantes somente para entrega em domicílio.
- Parques, praias e locais de passeio não estão acessíveis ao público.
- Todas as competições esportivas foram canceladas.
- Todos os festivais e eventos de entretenimento foram proibidos.
- Casamentos, celebrações de família e aniversários foram cancelados.
- As crianças estão sem contato com outras crianças, com os avós e tios.
- Abraços e beijos são proibidos.
- As igrejas estão fechadas.
- Temos que nos manter afastados uns dos outros por mais de um metro.
- Escassez de máscaras e luvas nos hospitais.
- Há menos respiradores artificiais do que deveria haver.
- Não se encontra álcool gel facilmente.
- Os EUA e a Europa fecharam as suas fronteiras.
- Ninguém mesmo está viajando por lazer. Aeroportos vazios. O Turismo tem a pior crise da história.
- Há pouco mais de uma semana, Bolsonaro substituiu o ministro da saúde para acabar com o distanciamento social;
- Ministro da justiça Sérgio Moro pediu demissão. Bolsonaro queria interferir nas investigações no STF para proteger seus filhos.
- Pessoas em Manaus estão sendo enterradas em valas comuns;
Vamos parar por aqui, que nem eu aguento mais. Torcer para que amanhã seja melhor.

 

Foto de Faustino VicenteLuiz Carlos Amorim é Coordenador do Grupo Literário A ILHA em SC, com 31 anos de atividades e editor das Edições A ILHA. Ocupante da cadeira 19 da Academia Sul Brasileira de Letras. Eleito a Personalidade Literária de 2011, pela Academia Catarinense de Letras e ARtes.
Editor de conteúdo do portal PROSA, POESIA & CIA. e autor de 27 livros de crônicas, contos e poemas, três deles publicados no exterior. Colaborador de revistas e jornais no Brasil e exterior – tem trabalhos publicados na Índia, Rússia, Grécia, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Cuba, Argentina, Uruguai, Inglaterra, Espanha, Itália, Cabo Verde e outros, e obras traduzidas para o inglês, espanhol, bengalês, grego, russo, italiano -, além de colaborar com vários portais de informação e cultura na Internet, como Rio Total, Telescópio, Cronópios, Alla de Cuervo, Usina de Letras, etc.
O autor assina, também, o Blog CRONICA DO DIA, em Http://luizcarlosamorim.blogspot.com


Outros Artigos do autor:

 

 

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Windows Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2020