Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Orquestra de Câmara do Amazonas apresenta peças do Modernismo
Por Aretha Lins, Secretaria de Estado de Cultura
segunda-feira, 28 de março de 2016
 
 
 

Orquestra de Câmara do Amazonas apresenta peças do Modernismo
Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) / DIVULGAÇÃO

O palco do Teatro Amazonas recebe, na noite desta terça-feira (29), a partir das 20h, o concerto Ramificações, realizado pelo Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Cultura. O concerto tem duração de uma hora e entrada gratuita.

Sob execução da Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), o espetáculo tem a regência do maestro Marcelo de Jesus, e inicia com a obra Cantus in memoriam Benjamin Britten, de autoria do estoniano Arvo Part. Escrita no ano de 1977, a obra é parte de um estilo peculiar de Part chamado tintinnabulum, onde o autor constrói a peça a partir de um material primitivo, com poucos elementos e uma tonalidade específica. A obra é um cânon em Lá menor para orquestra de cordas e sinos, e foi composta em homenagem ao autor inglês Benjamin Britten, falecido em 1976.

A segunda peça a ser apresentada é Ramifications, escrita pelo húngaro Gyorgy Ligeti em 1968 e apresentada pela primeira vez em 1969. A peça, dedicada a Serge Koussevitzky e sua esposa Natalia, é executada por um grupo composto por 12 instrumentos de corda solistas, divididos em dois grupos. No grupo I, quatro violinos, uma viola e um violoncelo. Já no grupo II, três violinos, uma viola, um violoncelo e um contrabaixo.

A última peça a ser apresentada é a Suíte em Estilo Antigo, do austríaco Arnold Schönberg. A peça foi composta em 1934, logo após a chegada do autor a Los Angeles (EUA), fugindo do regime nazista em crescimento na Alemanha. A obra foi encomendada por um jovem estudante da Universidade de Nova York, Martin Bernstein, que pediu uma obra para ser executada por estudantes da universidade. A Suíte, na tonalidade de Sol maior e dividida em 5 movimentos, foi a primeira peça de Schönberg no Novo Mundo.

Para o Secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o ineditismo das peças em Manaus é a tônica da apresentação. “É uma grande satisfação para nós ver essas peças do Modernismo, tão complexas e tão alegóricas, sendo apresentadas no Teatro Amazonas e executadas com o profissionalismo dos músicos da nossa terra”, afirma.

Para mais informações sobre outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse facebook.com/culturadoamazonas e o Portal da Cultura (http://www.cultura.am.gov.br/).

 

Publicidade


   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2021