Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



O mundo vai se digitalizar em cinco anos, anuncia especialista
Por Sistema FIEAM,
quinta-feira, 13 de setembro de 2018
 
 
 

O mundo vai se digitalizar em cinco anos, anuncia especialista
Engenheiro eletricista e gerente do ISI, Marcelo Aguiar. / Sistema FIEAM.

Mais de 160 representantes de indústrias e órgão públicos participaram do evento “Desvendar 4.0”, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) ontem (12), em Manaus, na Escola SENAI Antônio Simões. O evento teve por objetivo esclarecer a inserção na indústria 4.0 para pequenos e médios empresários da indústria.

“O desafio da produtividade no Brasil é grande. O SENAI pode capacitar os profissionais e prestar consultorias para, com a combinação de robôs, aplicativos e softwares, otimizar os processos produtivos da empresa”, disse o gerente geral de Tecnologia e Inovação do SENAI Amazonas, Marcelo Aguiar.

Aguiar explica que se engana quem pensa que a Indústria 4.0 substituirá as pessoas na indústria. Agora, o desafio é preparar os profissionais para lidar com as novas tecnologias, com técnicas de programação e análise de dados.

Explica o gerente geral que quatro passos devem ser tomados para que a empresa se atualize tecnologicamente. O primeiro é a otimizar os processos produtivos, em seguida, qualificar seus trabalhadores, empregar tecnologias disponíveis e de baixo custo, e o investir em pesquisa, desenvolvimento e informação.

Micros, pequenas ou médias empresas podem procurar a sede do SENAI, localizada Avenida Rodrigo Otávio, 2394, Distrito Industrial, e solicitar consultoria para enxugar seus processos produtivos e inserir a tecnologia em suas linhas de produção. O SENAI também realiza diagnóstico gratuito do estágio tecnológico por meio do link https://senai40.com.br/avaliacao-de-maturidade/.

 

“Não precisamos nos desfazer de pessoas”, Leandro Bandeira

 

Participante do painel Inovação, no evento, o administrador e gerente de projetos da Real Bebidas da Amazônia, Leandro Bandeira, explicou que a indústria 4.0 não substitui o papel das pessoas nas empresas, mas exige profissionais mais capacitados para as novas demandas do setor. “Não precisamos nos desfazer de pessoas, mas realocá-las nas atividades que agreguem valor para a organização”, destaca o administrador.

Leandro, há quatro anos na Real Bebidas, diz que a empresa só tem a agradecer pela parceria com o SENAI, e que entre 30% a 40% da força de trabalho é formada por ex-alunos dos SENAI, principalmente na área de manutenção. A empresa conta também com a equipe do SENAI para capacitação profissional de seus funcionários, na área de metalomecânica, com cursos de desenho industrial, matemática básica, entre outros, dando sempre bons resultados para a produtividade da empresa.

Com objetivo de eliminar desperdícios dentro da organização, a Real Bebidas participou do Programa Brasil Mais Produtivo em 2017, e garantiu o aumento de 20% de produtividade. “O mercado está muito competitivo e, para o ramo de bebidas, é muito mais agressiva a concorrência, sendo a tomada de decisão em tempo hábil muito importante para a sobrevivência da empresa”, frisa Leandro.

Além de Leandro, o painel contou com a presença de Diego Freitas, Desenvolvedor Mobile, Marcus Pelegrini, Pesquisador do ISI Amazonas, e Vitor de Souza, acadêmico de Engenharia de automação e controle.


“Quem não estiver inserido perderá oportunidades”, Silvio Meira

Por meio de videoconferência um dos nomes mais importantes do país em inovação e empreendedorismo, Silvio Meira, abriu a programação do “Desvendar 4.0” com a palestra “Entendendo a Indústria 4.0”. “A transformação digital é uma necessidade do novo comportamento das pessoas. Quem não estiver inserido perderá oportunidades”, disse o especialista.

O especialista explica que a indústria tem que acompanhar as transformações digitais, precisa entender que quanto mais facilita a vida das pessoas, mais tempo vai permanecer no mercado. A indústria precisa fazer software não apenas para atender as necessidades de dentro da indústria, que organiza o processo de fazer coisas, mas também para fora da indústria, que façam o acompanhamento das coisas, detectando e resolvendo problemas, antes mesmo, que eles apareçam para o cliente.

“As pessoas se acostumam com a modernidade e facilidade das coisas, e quando o serviço se realiza com eficiência e eficácia, o cliente retorna”, afirma, para acrescentar que, caso contrário, abandona, procurando outro lugar, outro produto, como acontece no Brasil, onde o cliente não tolera erro.

De acordo com Meira, estão previstos 230 quintilhões de bytes de interações para 2021. Neste ano estamos rodando a 124 quintilhões de bytes, que é mais de 60% acima do que estava acontecendo em 2016. Do ponto de vista do mobile, estamos andando mais duas vezes e meia, mais transferência de bytes do que rodava há 12 anos, principalmente a gente interagindo com coisas e através de coisas.

O palestrante lembra que em 2010 o número de interações entre pessoas conectadas era de 85. Recebia-se e-mail três vezes por hora, baixava-se uma foto, com leitura das manchetes de jornais. Estamos, hoje, realizando 300 interações por dia. “Em 2025, a gente vai chegar a 4.785 interações por dia, que é alguma coisa como um toque de mão na rede, a cada 18 segundos”, explica do especialista.

O mundo vai se digitalizar nos próximos cinco anos, e o mercado de e-commerce só tende a crescer com essas mudanças. Hoje tudo já está investido, os vendedores é que vendem os espaços para os fabricantes, e não o contrário.

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2018