Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Mater Dolorosa estreia no Festival Amazonas de Ópera, neste sábado (25)
Por Secretaria de Comunicação Social,
terça-feira, 21 de maio de 2019
 
 
 

A peça de Giovanni Pergolesi, escrita em 1736, ganha releitura por meio do formato pastiche, com cenografia que faz alusão a problemas do mundo atual

Com uma estética repleta de simbolismos, o espetáculo “Mater Dolorosa” vai estrear no 22º Festival Amazonas de Ópera (FAO), neste sábado (25), às 20h, no Teatro Amazonas, com reapresentação no dia 29.

Átila de Paula comanda a direção do espetáculo, que promete apresentar uma obra para levar o público a uma reflexão bem atual, ao misturar repertório dos séculos 17 e 18 a uma abordagem completamente inovadora.

O Festival Amazonas de Ópera é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio master do Bradesco, através da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura.

Releitura - Propondo uma reflexão crítica sobre a crise global da produção de plástico e da poluição, “Mater Dolorosa” nasce da releitura do contexto imortal de “Stabat Mater”, do compositor italiano Giovanni Pergolesi, que retrata musicalmente a dor de Maria ao ver seu filho Jesus na cruz.

De acordo com o diretor Átila de Paula, o formato da apresentação é o pastiche, uma prática comum na arte e que faz recortes de trabalhos e mistura estilos, numa espécie de releitura da obra.

“Os pasticci, como eram conhecidos, foram verdadeiros exercícios de inventividade dos teatros do século 18. Algo como um pot-pourride hoje, onde trechos famosos de diversas óperas eram arrumadas para criar uma nova narrativa. ‘Mater Dolorosa’ é justamente uma criação inventiva de um espetáculo, a partir de trabalhos variados”, afirmou.

O enredo do espetáculo se apropria dos acontecimentos da Paixão de Cristo e propõe uma nova ótica, em diversos aspectos, da dor de Maria ao ver o sofrimento de seu filho. “Transportamos toda a mitologia bíblica a um simbolismo contemporâneo, onde a Mãe Natureza relata sua dor ao ser destruída por sua criação, a humanidade”, completou o artista.

Reflexão – De Paula ressalta, ainda, que todo a cenografia parte de uma estética repleta de simbolismo. “’Mater Dolorosa’ reflete complexas relações sociais, amorosas e conflituosas, mergulhando em uma profunda angústia, que fatalmente revela o fim do Homem e da Natureza”, descreve.

Para dar vida a essa obra, duas solistas sobem ao palco – a soprano Dhijana Nobre e a mezzo-soprano Talita Azevedo. Ambas dão voz ao personagem único da Mãe Natureza, através da música do “Stabat Mater”, de Pergolesi, cantata sacra na qual “Mater Dolorosa” é majoritariamente baseada.

“A voz e o corpo do Homem, por sua vez, serão representados pelo Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, dramatizando as diversas necessidades do ser humano: conflito, amor, social e divertimento. ‘Mater’ é um desafio a toda uma equipe multi-talentosa de artistas que, a partir de uma ideia de enredo central, dão vida a uma obra inédita”, comemora o diretor.

Laboratório – “Mater Dolorosa” é resultado de um trabalho desenvolvido em caráter experimental pelo Laboratório de Ópera Barroca, projeto da SEC. Segundo o maestro Marcelo de Jesus, diretor artístico do FAO, este é um projeto único no Brasil e que se propõe a revisitar repertórios dos séculos 17 e 18 com nova abordagem.

Esta é a terceira edição do FAO que conta com a participação do Laboratório. “O projeto carrega uma grande importância pedagógica: é uma ponte para jovens artistas alcançarem experiências profissionais no palco, tornando-se uma das importantes ações de continuidade e formação do Festival Amazonas de Ópera”, esclareceu.

Diferente da ópera, que conta uma história, Marcelo de Jesus explica que o conceito de “Mater Dolorosa” apresenta o pensamento artístico de uma forma diferente. “A peça de Pergolesi, teoricamente, não foi escrita para esse fim, mas o Átila decidiu juntar essa música à ideia dele e criar o espetáculo, que tem um conceito bem contemporâneo”, acrescentou.

Música barroca - Outro ponto de destaque no espetáculo, para o maestro, é o trabalho da Orquestra de Câmara do Amazonas, que tem a música barroca registrada na sua trajetória. “A OCA participa do laboratório desde o início, e tem no próprio DNA esse tipo de repertório. É uma linguagem própria e que o grupo domina muito bem”, ressaltou.

Sobre a estreia de Átila de Paula na direção do espetáculo, só elogios partem do maestro Marcelo de Jesus. “O Átila assina a direção de um espetáculo pela primeira vez nesta edição do FAO. Ele é expert nesse tipo de música que, por ser antiga, é muito particular e exige estudo prático e teórico profundo, além do trabalho erudito de pesquisa e de realização, com os instrumentos de época e os atuais”, apontou.

Para o maestro, as coisas aconteceram no tempo certo. “Fico bem feliz, porque acompanho o Átila desde os seus 15 anos. Trabalhamos juntos desde essa época. A direção artística do FAO está completamente confiante na condução que ele dá ao espetáculo”, frisou. Átila de Paula tem formação no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, da SEC, e cursou bacharelado em cravo, na Universidade Federal do Rio de Janeiro. É formado em “Instrumentos de teclados históricos”, na Hochschule für Musik Karlsruhe, na Alemanha.

Sobre o Festival Amazonas de Ópera – O FAO começou no dia 26 de abril e segue com apresentações de ópera, recitais e concertos até 30 de maio. Em 2019, o Festival celebra o centenário de nascimento do maestro e compositor amazonense Claudio Santoro. Compõe a programação do evento, a apresentação das óperas “Alma”, de Santoro; “Ernani”, de Giuseppe Verdi; “Maria Stuarda”, de Gaetano Donizetti; “Tosca”, de Giacomo Puccini; e “Mater Dolorosa”, baseada na cantata “Stabat Mater Dolorosa”, de Giovanni Pergolesi.

Os ingressos para o FAO 2019 estão à venda na bilheteria do Teatro Amazonas e pelo site Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com/teatroamazonas), com valores que vão de R$ 2,50 a R$ 60.

A programação do Festival abrange, ainda, o Recital Bradesco, com canções compostas por Claudio Santoro; o projeto “Ópera Mirim”; o encontro “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”, voltado para apresentar dados e casos de sucesso sobre a Indústria da Ópera na América Latina; e “Mulheres da Ópera”.

Sobre o Bradesco Cultura – Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do Teatro Bradesco em São Paulo. Fazem parte do calendário 2019 atrações como o musical O Fantasma da Ópera e o Natal do Bradesco, em Curitiba.

Ficha técnica
Dhijana Nobre, soprano
Thalita Azevedo, mezzo-soprano

BALÉ EXPERIMENTAL DO CORPO DE DANÇA DO AMAZONAS
GRUPO VOCAL DOS CORPOS ARTÍSTICOS
ORQUESTRA DE CÂMARA DO AMAZONAS

Direção Musical, Cravo, Concepção Cênica: ÁTILA DE PAULA
Coreografia: MONIQUE ANDRADE
Cenários: Giorgia Massetani
Figurinos: Laura Françozo
Desenho de Luz: Fábio Retti

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019