Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Saiba como doar sangue com segurança durante a pandemia
Por Valdeniza Vasques, UNINORTE
quinta-feira, 11 de junho de 2020
 
 
 

Saiba como doar sangue com segurança durante a pandemia
Doação de Sangue. / Divulgação.

Especialista explica os novos critérios adotados na hora da doação

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os bancos de sangue do Amazonas tiveram uma redução de 60% nas doações, atingindo níveis críticos no estoque. A diminuição do número de doadores é preocupante, alerta o professor do curso de Biomedicina da UniNorte, Alexander Silva. Isso porque muitos pacientes dependem da transfusão para tratar doenças como leucemia e anemia.

“Em condições normais, há muita demanda por bolsas de sangue, principalmente para pacientes com doenças hematológicas. Com a pandemia, a doação fica mais desafiadora por causa do risco de transmissão do vírus, mas continua sendo importante para tratar quem precisa”, explica Alexander.

Para garantir a segurança de todos, novos critérios foram adotados para os candidatos a doação. Além de ter entre 18 e 69 anos, pesar acima de 50 quilos e estar em boas condições de saúde, o doador deve seguir as orientações de uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social no momento da coleta.

“Quem teve Covid-19 deve esperar 30 dias após o desaparecimento dos sintomas para doar. Já quem tem contato com paciente com o novo coronavírus, a recomendação é aguardar até que essa pessoa se cure clinicamente para poder fazer a coleta”, informa o professor.

Plasma

Quem teve Covid-19 e se recuperou também pode ajudar outros pacientes por meio da doação de plasma sanguíneo. “Existem determinados componentes, como proteínas e anticorpos, que ajudaram a pessoa a combater o vírus lá atrás e ainda estão circulando no corpo da pessoa curada. Eles podem contribuir na cura de pacientes graves de Covid”, destaca.

Os candidatos à doação de plasma com Covid-19 devem ser do sexo masculino, com idade entre 18 e 60 anos, sem sintomas da doença há pelo menos 30 dias e não ter tido hepatites B ou C, sífilis, HIV, HTLV ou doença de Chagas. Também devem apresentar teste PCR comprovando que tiveram coronavírus.

Campanha

Para ajudar nesse momento crítico, a UniNorte juntou forças com a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) e lançou a campanha “Ser Solidário Tá no Sangue”, que incentiva alunos e colaboradores da instituição a doarem de sangue e medula óssea. Além disso, também promove uma série de lives no Instagram (@uninortemaus) com temas relacionados à doação.

Quem deseja doar sangue, medula óssea ou plasma, deve agendar um horário no Hemoam por meio dos telefones (92) 3655-0166, 3655-0270 e 3655-0271.

Confira a programação:

14 de junho - Doação de sangue em época de Covid-19, com Alexander Leonardo (UniNorte) e Janaína Carmo de Souza (Hemoam) - 18h30
22 de junho - Doação de sangue e quarentena: um ciclo que não pode parar, com Luciane Evangelista (Hemoam) e Graciely Chávez (UniNorte) - 19h

 

Publicidade
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2020