Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Construção civil do AM tem maior queda de vendas no Brasil em maio
Por Mayk Souza ,
terça-feira, 23 de junho de 2020
 
 
 

Construção civil do AM tem maior queda de vendas no Brasil em maio
Construção Civil. / Pixabay.

Em um momento em que os impactos da Covid-19 nas vendas da construção civil vêm sendo contornados, aos poucos, pelos varejistas e indústria brasileira do setor, em maio, o Amazonas é o estado que registrou maior queda no setor, um recuo de 40% nas vendas.

Na média nacional, o volume de vendas fechou maio com alta de 8% da indústria para o varejo e 4% acima para quantidade de varejistas comprando das indústrias - em comparação ao período pré-Covid (fevereiro/ 2020).

Essa alteração deve impactar o preço do concreto usinado e de outros produtos fornecidos pela indústria para o setor.

O resultado faz parte de estudo promovido pela Juntos Somos Mais, considerado o maior ecossistema do varejo da construção civil brasileira, que e contempla mais de 70 mil varejistas e mais de 20 grandes nomes da indústria do setor.

De acordo com o estudo, em abril, o volume de vendas da indústria para o varejo caiu 13% (versus o período pré-Covid) enquanto a quantidade de varejistas comprando das indústrias caiu 2% em abril.

“A construção civil passou cinco anos com decréscimo do PIB e o varejo aprendeu a viver na crise, tornando-o mais preparado para enfrentar esse momento. Há muita resiliência e criatividade no setor, mas há muito ainda o que fazer, especialmente na digitalização do varejo”, destacou Antonio Serrano, CEO da Juntos Somos Mais.

A região Norte, segundo o estudo, que havia sido a mais impactada em abril com queda de 33%, mostrou uma recuperação fechando maio em +1%, próximo então ao período pré-Covid. A região Sudeste fechou maio com crescimento de 9% enquanto abril havia fechado com queda de 9%. A região Nordeste fechou maio com crescimento de 4% enquanto abril havia fechado em queda de 28%.

A região Sul fechou maio com alta de 9% enquanto abril havia fechado com recuo de 7%. A região Centro-Oeste mais se destacou fechando maio 14% acima enquanto havia encerrado abril com queda de 10%.

Quando analisamos as unidades federativas (UFs), observamos que 15 dos 27 estados tiveram um mês de maio melhor do que o período pré-Covid. Destaques são Mato Grosso (cresceu 39%), Minas Gerais (cresceu 36%), Rio Grande do Norte (cresceu 25%), Rondônia (cresceu 21%) e Ceará (cresceu 21%).

 

Publicidade
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2020