Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Oficina sobre grafismo indígena acontece neste sábado (10)
Por Karine Pantoja,
quarta-feira, 8 de abril de 2020
 
 
 

Oficina sobre grafismo indígena acontece neste sábado (10)
Oficina sobre grafismo indígena. / Rodrigo Duarte.

A atividade é voltada para os jovens das etnias Dessana, Tukano e Tuyuca, etnias que habitam na região do Alto Rio Negro.

Uma das principais manifestações culturais dos povos indígenas, o Grafismo Indígena,  é tema de oficina realizada neste sábado (10/04). A atividade é realizada no Centro de Medicina Indígena da Amazônia, localizada no centro de Manaus, e busca valorizar práticas indígenas, além de promover um espaço de troca de conhecimentos entre anciãos e jovens das etnias Tukano, Tuyuca e Dessana.

As populações indígenas mantiveram, por séculos, suas tradições de pinturas corporais e decorativas, usando pigmentos encontrados na natureza. Os desenhos gráficos e as narrativas desenvolvidas a partir deles contribuem para que a cultura mantenha-se viva ao longo dos tempos.

“Nós, povos indígenas, utilizamos a pintura como meio de expressão ligado aos diversos sentidos e relações sociais e cosmopolíticas. Assim, a oficina possibilitará ensinar aos jovens indígenas a importância e significado de cada grafismo, como por exemplo, grafismo para proteção da pessoa, da guerra, de doença”, relata Ivan Menezes, fundador do centro de medicina.

Esta é a terceira oficina de uma série de três, todas voltadas à cultura indígena da etnia Yepamahsã (Tukano). A primeira oficina teve como tema “Cosmografia”, sendo este, o conjunto de conhecimentos indígenas que se fundamentam em três grandes tripés: Kihti ukuse (mitologias), bahsese (benzimentos) e bahsamori (práticas sociais).

Oficina de kariçú -  No dia 03 de abril, o Centro de Medicina Indígena promoveu a sua segunda oficina, intitulada “Kariçú”. A atividade orientou os participantes a usarem o instrumento de sopro feito de “bambú”, que é tocado coletivamente. O Kariçú é um instrumento muito importante entre os povos indígenas do Rio Negro, podendo ser utilizado tanto na música instrumental (orquestras), quanto em acompanhamento de voz (canções solo).

O projeto foi contemplado na Lei Aldir Blanc - prêmio Feliciano Lana, da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas, e conta com a parceria da produtora Pedra de Fogo Produções.

 

Publicidade


   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2021