Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Manaus, Tabatinga e Manacapuru registram casos de dengue, neste início de ano
Por Três Comunicação,
quinta-feira, 17 de janeiro de 2013
 
 
 

 

Manaus, Tabatinga e Manacapuru são os municípios que registraram casos de dengue no Amazonas, na primeira quinzena deste mês, mas os índices estão dentro do esperado para o período. A informação foi apresentada pelo diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, na abertura do “Treinamento em Assistência ao Paciente com Dengue”, que acontece nesta quinta e sexta-feira (17 e 18), promovido pelo órgão em parceria com a Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT/HDV). Na capital, foram notificados 197 casos. Em Tabatinga e Manacapuru foram 37 e 14 notificações, respectivamente.
 
Segundo Albuquerque, os números não chegam a preocupar. Mesmo assim, como parte das medidas integrantes de Plano Estadual de Controle da Dengue, o Governo do Estado está reforçando as orientações e procurando sensibilizar os profissionais de saúde para a importância do diagnóstico precoce da doença e o correto manejo clínico dos pacientes. O objetivo, conforme tem ressaltado o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, é evitar o surgimento de casos de dengue grave e, principalmente, a ocorrência de óbitos relacionados à doença.  
 
O treinamento iniciado nesta quinta-feira no Auditório 2 da FMT/HVD, foi aberto à participação de médicos, enfermeiros e bioquímicos das redes pública e particular de saúde e, também, de instituições militares. Serão cinco turmas: três nesta quinta-feira e duas na sexta-feira. A diretora-presidente da FMT/HVD, Graça Alecrim, explica que os profissionais receberão informações sobre a epidemiologia da dengue, com dados atualizados sobre a incidência da doença na capital e no interior; a estrutura de apoio diagnóstico disponível (incluindo a alternativa do chamado “teste rápido”) e o protocolo de manejo clínico dos pacientes graves e não-graves.  “Organizamos a programação de forma a permitir a participação do maior número possível de profissionais de saúde”, frisou Graça Alecrim.
 
Neste início de mês, a FMT recebeu seis pacientes com quadro de dengue grave, mas todos já receberam alta e não houve nenhum paciente que precisasse ser levado à Unidade de Terapia Intensiva. “Em todos os casos o diagnóstico foi bem feito na rede de assistência pré-hospitalar e o paciente prontamente encaminhado à internação, o que contribui para o êxito do tratamento”, disse a diretora da FMT.
 
O secretário de saúde de Manaus, Evandro Melo, também participou da solenidade de abertura do treinamento e disse que a rede de atendimento da capital está preparada e em alerta por conta do período de chuvoso, que coincide com o aumento sazonal do número de casos da dengue. “Ampliamos o horário de atendimento em algumas unidades de saúde. É muito importante que as pessoas com sintomas sugestivos da dengue procurem imediatamente a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa para a consulta ao médico. As unidades estão orientadas a priorizar o atendimento destes casos”, frisou Evandro.
 
Bernardino Albuquerque disse que o mesmo treinamento de atualização que está sendo oferecido aos profissionais da capital pela parceria entre a FVS e FMT, será levado nesta sexta-feira e no sábado (19) aos profissionais de saúde do município de Tabatinga (distante 1.105 quilômetros de Manaus) e, provavelmente no próximo final de semana, a Manacapuru. “À medida em que formos identificando a necessidade ou recebendo solicitação das prefeituras, iremos estender o treinamento a outros municípios”, disse Bernardino.  
 
Redução de casos – De acordo com dados da FVS, o Amazonas fechou o ano de 2012 com redução de 94,4% no número de casos confirmados de dengue, em relação ao ano anterior, quando o Estado registrou um quadro epidêmico da doença. Foram 57 mil casos confirmados de dengue, em 2011, contra 3.173, no ano passado.
 
Graça Alecrim destaca, no entanto, que a intensificação do período de chuvas exige que a população e as autoridades de saúde redobrem as medidas de prevenção e reforcem a rede de assistência para manter a dengue sob controle. “É um período muito propício à proliferação do mosquito transmissor da doença, em virtude, principalmente, do acúmulo de água parada”, diz a diretora da FMT.  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019