Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Enfermeiro indígena recebe apoio da Seind para exercer profissão em aldeia do alto Solimões
Por Isaac júnior, Ascom/Seind
quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013
 
 
 

Enfermeiro indígena recebe apoio da Seind para exercer profissão em aldeia do alto Solimões
/

O tikuna Jorge Luiz Rosindo, 29, é mais um indígena a concluir um curso superior e a retornar à aldeia de origem para desenvolver os conhecimentos adquiridos durante a graduação em benefício dos próprios “parentes”. Após receber aulas particulares de Língua Portuguesa e até morar em um orfanato nos últimos quatro anos, Jorge colou grau em janeiro passado e é o primeiro amazonense a graduar-se em Enfermagem pelo Centro Universitário de Anápolis (GO).

O registro no Conselho Regional de Enfermagem (Coren) foi intermediado esta semana pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind), e a viagem para Campo Alegre, localizada no município de São Paulo de Olivença (a 988 quilômetros de Manaus), está prevista para o próximo fim de semana.

Jorge Luiz quer seguir o exemplo das tariana Maria Rosineide Feitoza e Eufélia Lima, que se graduaram em Enfermagem no ano passado pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e optaram pelo alto rio Negro (onde vivem os indígenas tariano) para exercer a profissão.

A meta do tikuna é realizar trabalhos relacionados ao uso de álcool pela juventude indígena de São Paulo de Olivença. “Foi o tema do meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) e é um assunto sério, que tem comprometido a vida de muita gente dentro da aldeia”, disse Jorge Luiz. “Quero ajudar o meu povo”, justificou.
 
Prevenção
O envolvimento da Seind com a problemática vai muito além do apoio prestado pelo órgão ao mais novo enfermeiro indígena. Nos últimos anos, a secretaria tem trabalhado na elaboração de um programa voltado ao desenvolvimento de atividades de atenção e prevenção, não somente ao uso de álcool, mas também a outras drogas. As ações também visam atender a outras regiões do Estado, por meio da Câmara Técnica “Qualidade de Vida dos Povos Indígenas”, do Comitê Gestor de Atuação Integrada entre o Governo do Amazonas e a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Os planos de trabalhos são desenvolvidos em parceria com instituições como o Conselho Estadual de Entorpecentes (Conen), Exército e Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), com ações que vão desde a realização de oficinas e palestras de conscientização, à criação de agentes multiplicadores.
 
Início difícil
O caminho de Jorge Luiz até a faculdade começou no Seminário Teológico Evangélico da Tribo Tikuna, localizado em Benjamin Constant (a 1.116 quilômetros de Manaus). Lá, ele foi incentivado por um pastor a fazer o vestibular em Anápolis.

O receio em deixar a aldeia e mudar-se para um local até então desconhecido por ele deixou o indígena apreensivo, mas a recompensa veio logo em seguida. Jorge foi aprovado em segundo lugar no certame e ainda recebeu uma bolsa de estudo integral para fazer a faculdade.

No início, a maior dificuldade foi com o idioma. Em Campo Alegre prevalece a língua tikuna e, a exemplo dos outros seis irmãos, Jorge tinha dificuldade de aprender, por conta do pouco contato com a população não indígena de São Paulo de Olivença. Mas, com o reforço de uma professora de português goiana, o problema foi amenizado.

Enquanto estudava, Jorge precisou ser abrigado no Instituto Cristão Evangélico de Goiás e, após um ano e meio de curso, começou a fazer estágio no laboratório de um hospital em Anápolis.  

A cerimônia de formatura ocorreu no dia 24 de janeiro de 2013. “Agradeço ao pastor Rocindes Corrêa, ao pessoal da Unievangélica, à Seind e à minha família pelo apoio”, disse ele, emocionado.

 

 

 

 

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019