Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Projeto ViraVida agora é política pública em Brasília
Por Sistema FIEAM,
sexta-feira, 1 de novembro de 2013
 
 
 

Jovens do Amazonas vivenciam momento especial
 
 
Dezenove jovens do projeto ViraVira de Manaus, que atende jovens em situação de violência sexual, participaram de momento histórico, em Brasília, onde o projeto foi transformado em política pública no Distrito Federal. A mudança foi anunciada pelo presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneguelli, em conjunto com a secretária de Estado da Criança (DF), Rejane Pitanga, durante o 4º Seminário Nacional do ViraVida. O evento conta com a participação de 500 jovens de todo o Brasil, sendo 19 do Estado do Amazonas.
 
 “Eu sou um sonhador, e fico feliz por outras pessoas e organizações estarem sonhando junto comigo. Esse é um momento único pelo qual tanto lutei. Agora é continuar caminhando para que o projeto se estenda por todo o país e vire política pública em outros Estados. Lutar pelos direitos de nossas crianças, jovens e adolescentes é papel de todos nós”, disse.
 
Um grande mosaico humano foi montado na abertura do Seminário, nesta quinta-feira (31), onde os 500 jovens, dirigidos pelo diretor de novelas da Globo, Fred Mayrink, formaram uma grande borboleta, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Prestigiaram o espetáculo mais de 3 mil alunos de escolas públicas do Distrito Federal e representantes de instituições públicas, privadas e organizações não governamentais.
 
Ainda na abertura, houve a entrega do Selo Social ViraVida às empresas que se destacaram, em âmbito nacional, com ações de apoio ao programa e à causa contra a violência sexual infantojuvenil, inclusive com a participação de uma aluna do Amazonas.
 
Além disso, o Conselho Nacional do SESI e a Secretaria Nacional de Justiça assinaram um Termo de Cooperação prevendo atividades conjuntas de enfrentamento ao tráfico de pessoas para fins de exploração sexual.
 
De acordo com o balanço dos cinco anos do programa, apresentado por Meneguelli, mais de 3,7 mil adolescentes e jovens, de 23 cidades brasileiras, foram matriculados no projeto, sendo que 1,2 mil foram inseridos no mercado de trabalho. “O jovem se transforma, pois tem resgatada a sua dignidade, autoestima, se prepara para uma vida nova, vence o preconceito e conquista o mercado de trabalho”, disse o presidente.
 
O aluno Marcos Mendes, 18, logo no primeiro dia reforçou seu interesse em continuar no projeto, não mais como aluno, e sim, como profissional.
 
“Eu me surpreendi muito, não imaginava a dimensão do projeto. Em poucas horas já me senti mais motivado, feliz, diferente. Quero repassar essa força para meus colegas que não puderam participar e ainda, quero atuar na área de psicologia, ajudando outros jovens que passaram pelo que passei. Esse foi um dos meus objetivos que reforcei aqui. Não quero nunca mais abandonar o projeto. Quero fazer parte da mudança de vida de outros jovens’’, disse o adolescente.
 
O painel  “O Jovem e o Mundo do Trabalho" teve como mediador o apresentador da TV Bandeirantes, Cazé Peçanha, e como convidados, Marcio Pochmann, professor doutor e escritor de economia; Anderson Dinho, empreendedor da Favela Maré; e dois ex-alunos do Vira Vida.
 
O segundo painel do Seminário, com o tema “Corpo, sexualidade e drogadição”, contou com a participação do ex-nadadador Gustavo Borges, do médico e escritor Jairo Bouer, e da especialista em dependência química Fabian Nacer; e um aluno do Viravida.
 
Renan Oliveira (19), aluno do ViraVida do Amazonas, contribuiu dando sua opinião sobre os dois tema debatidos. De acordo com o jovem, exagerar na exposição da sexualidade é um dos fatores que contribuem para o preconceito. “Sexualidade é algo íntimo, individual. Você não precisa se expor”, disse. Renan revelou que é bissexual e que isso de forma alguma atrapalha seu desenvolvimento profissional.
 
“Quando estamos entre amigos é natural agir da forma que desejamos, mas isso não se aplica a todos os meios e ambientes, pois devemos respeitar o próximo e o mais importante, a nós mesmos”, ensinou Renan.
 
O evento segue até este sábado (2), com oficinas, bate-papo com o comentarista esportivo Walter Casagrande, premiação de concurso de redação, onde concorrem cinco alunos de Manaus, além de diversas atividades paralelas.
 
 
Mais sobre o ViraVida
 
O projeto foi criado em 2008 pelo Conselho Nacional do SESI (Serviço Social da Indústria), que atende jovens com idade entre 16 a 21 anos. Atualmente, o projeto é desenvolvido em 19 Estados, abrangendo 23 cidades.
 
No Amazonas o projeto funciona com duas turmas, totalizando 103 jovens e adolescentes.
 
 
 
 
 

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019