Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Loja multada por obstrução de calçada recém-desocupada
Por Semcom,
segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014
 
 
 

Loja multada por obstrução de calçada recém-desocupada
Loja multada por obstrução de calçada / Karla Vieira / Semcom

Fiscais do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) multaram nesta segunda-feira, 24, uma loja de departamentos instalada na avenida Eduardo Ribeiro, por obstrução de passeio público com risco aos pedestres pela exposição de camas do tipo boxe e sofás. O auto de infração foi aplicado um dia após a Prefeitura de Manaus ter realizado uma mega operação para realocação de ambulantes que ocupavam a via, resultado de meses de trabalho entre várias secretárias e órgãos.

A multa teve como base o Plano Diretor, o Código de Postura (005/14), art. 10, parágrafo primeiro, inciso I; e art. 38, parágrafo quinto, que proíbe “a utilização do passeio público para operação de carga e descarga, como também para a exposição de qualquer tipo de produtos”.
A fiscalização para combater a obstrução de passeio público, em razão da colocação de expositores de mercadorias, manequins e produtos em geral, é uma rotina do Implurb, mas será intensificada para fortalecer a calçada limpa, livre de obstáculos e desocupadas para trânsito de pedestres.

Com as calçadas liberadas, também terá reforço o trabalho realizado pela Gerência de Patrimônio Histórico Edificado (GPH), do Implurb, que desenvolve ações para valorizar, preservar e resguardar bens de valor arquitetônico, paisagístico, artístico ou afetivo-cultural, que incluem desde a fiscalização de obras, análise de publicidade até vistorias de marquises, fachadas e outros engenhos em prédios comerciais do Centro Histórico. No ano passado, a GPH realizou 1.114 notificações quanto à fiscalização de publicidade para adequação ao “Manual de Placas” criado por lei pela Prefeitura de Manaus, que visa coibir a poluição visual e a interferência nas fachadas dos prédios históricos, apresentando orientações técnicas e regularização, assim como prazos e sanções.

Segundo a arquiteta e urbanista da gerência, Luíza Lacerda Filgueira, agora começa outra etapa do trabalho, que já fez uma rodada inicial de orientação e notificação aos lojistas, dando prazos para os ajustes. “Agora vamos voltar, tendo as calçadas livres, para verificar junto às lojas as propagandas excessivas, ar condicionados em cima de fachadas e os projetos de recuperação urbana e para descortinar os prédios, deixando a arquitetura visível”, explica a arquiteta.

Equipes do Departamento de Planejamento Urbano (DPLA) do instituto, entre arquitetos, paisagistas, engenheiros e designs, fizeram estudos preliminares para verificar as necessidades emergenciais para requalificação e revitalização das calçadas desocupadas, assim como acessibilidade (rampas), correções nos passeios, instalação de lixeiras, plantio de árvores, iluminação e limpeza geral de postes e poluição visual.

 

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019