Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Amazon Sat produz programa especial sobre a cheia do rio Madeira
Por Juliana Pazuello, Amazon Sat
quarta-feira, 26 de março de 2014
 
 
 

A enchente histórica do rio Madeira vem afetando o rio Acre e causa transtornos social e ambiental para os estados de Rondônia e acre, na capital Porto Velho, onde foi decretado estado de calamidade pública. Para fornecer à população informações relevantes sobre a situação que o Estado tem vivido, o Amazon Sat produziu o “Especial enchentes do rio Madeira”, que vai ao ar todos os sábados, ao meio dia.

O programa é resultado da grande repercussão que o material jornalístico, veiculado pelo canal, alcançou na sociedade. O Especial aborda os últimos acontecimentos e as ações do poder público para amenizar os efeitos da enchente.

Uma equipe do “Realidade Amazônica” também irá acompanhar as consequências da cheia no local. O repórter Paulo Paixão vai percorrer a rodovia que liga Porto Velho a Rio Branco (BR-364). O trecho feito normalmente em seis horas levará três dias devido às condições da estrada. A equipe ficará 20 dias entre Rondônia e Acre para produzir todo o material.

No último dia 15, o rio Madeira registrou a marca de 19,12 metros a cima do normal, ultrapassando em um metro a marca recorde, de 1997. A Defesa Civil Estadual registrou 2.478 famílias fora de suas casas, em Porto Velho e nas localidades próximas, que enfrentam situações de emergência.

O Ministério da Saúde organizou kits contendo medicamentos e insumos para auxiliar no atendimento dessas pessoas. Cada kit contém 48 ítens, sendo 30 medicamentos e 18 insumos, proporcionando assim o atendimento de 1500 pessoas por mês. Os Estados do Acre, Amazonas e Pará também forma atingidos por cheias, a Força Nacional do Sistema Único de Saúde tem monitorado e ajudado esses locais.

O Governo Federal já repassou 7 milhões de reais da União para socorrer as vítimas das cheias. A presidenta Dilma Rousseff esteve em Porto Velho no dia 15 de março e autorizou a liberação de verbas para auxiliar o Estado. O Repasse será feito após a autorização do Ministério Público. Até o momento, o prejuízo estimado é de mais de um bilhão de reais e, segundo a prefeitura, 3.800 família foram afetadas diretamente.

 

Publicidade




TecVidros
   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


Whatsapp Manausonline:
whatsapp (92) 98252-0123    


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2019