Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação      


Notícias



Musical homenageia universo poético de Gonzaguinha
Por Viviane Oliveira,
segunda-feira, 6 de julho de 2015
 
 
 

Musical homenageia universo poético de Gonzaguinha
O Eterno Aprendiz Eterno – Gonzaguinha. / LORENA VENTURINI

Depois de temporadas em Salvador, São Paulo, Belo Horizonte e São Luís do Maranhão, Brasília entre outras o espetáculo desembarca em Manaus.

Chega ao Teatro Manauara, nos dias 31 de julho e 1º de agosto, em sessões às 21h, o musical "O Eterno Aprendiz Eterno - Gonzaguinha". O espetáculo homenageia a trajetória de um dos maiores artistas populares do país tendo como ponto de partida exatamente suas principais ferramentas de trabalho: a música e a palavra. Os ingressos para a produção cênica já estão sendo vendidos pelo site www.ingresse.com e na bilheteria do teatro localizada no Piso Buriti, do Manauara Shopping (Avenida Mário Ypiranga Monteiro, 1.300, Adrianópolis).

No palco, o ator Rogério Silvestre faz o papel de Gonzaguinha, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da vida do cantor e compositor carioca, como a infância no morro do São Carlos, no Rio de Janeiro, os primeiros passos na carreira artística, os embates com a ditadura militar e a relação conflituosa com o pai, o rei do Baião, Gonzagão.

Intercalada à dramaturgia, são interpretadas 16 canções de Gonzaguinha, dentre elas "Explode Coração", "Recado", "Começaria Tudo Outra Vez" e "Moleque". Para isso, o espetáculo conta com uma banda formada por dois cantores e cinco músicos, propondo um diálogo enriquecedor entre produção artística e vida pessoal e profissional. Os temas que integram o musical também evidenciam como o compositor, numa constante busca, foi um dos poucos a falar com tanto domínio poético e olhar crítico sobre o morro, as questões sociais e o amor, para isso recorrendo a diferentes linguagens e ritmos, como o samba, o bolero e o baião.

O espetáculo foi inicialmente gestado no Sul de Minas, na cidade de Itajubá, numa conversa entre Dr. Kleber Lincoln e o regente Amaury Vieira, com direção de Breno Carvalho. A dramaturgia ficou a cargo do poeta paraibano Gildes Bezerra, que já tinha assinado os roteiros dos shows “Dom Quixote” e “Pré–8 – Radio Nacional”.

O trabalho começou a ganhar força com a entrada de outros músicos, igualmente influenciados pela obra de Gonzaguinha. A banda conta com os experientes instrumentistas Rafael Toledo, Omar Fontes, Peter Mesquita, Alcione Ziolkowski e Buga. Já nos vocais estão Bruna Moraes, com sua interpretação e voz arrebatadoras, e o mineiro Paulo Francisco (Tutuca), que carrega sua filiação musical não apenas no timbre semelhante ao do homenageado, mas também pelo fato de seu pai, o guitarrista Fredera, e tio, o pianista Wagner Tiso, terem acompanhado Gonzaguinha nos palcos.

Depois de estrear em Minas e passar por temporada no Teatro Brigadeiro e Teatro Eva Wilma, em São Paulo, o espetáculo foi consagrado em 2013, com quatro temporadas de casa lotada no Teatro Jorge Amado, em Salvador, duas temporadas em São Luís do Maranhão e uma temporada em Belo Horizonte.


Gonzaguinha
Luiz Gonzaga do Nascimento Junior, nascido em 1945, está certamente no time dos maiores artistas brasileiros. Sua música - de refinada composição, mas sem perder de vista a rica cultura popular que lhe serviu de base - deu voz tanto às angústias de um país, durante os anos de chumbo sob a Ditadura Militar, quanto às paixões arrebatadoras que fazem o coração explodir. Seus sambas, de inspiração contagiante, à exemplo de "O Que é, o Que é?", são um retrato fiel da alma brasileira.

Com a vida e a carreira interrompidas precocemente num acidente de carro em 1991, Gonzaguinha teve sucessos interpretados nas vozes de Elis Regina, Maria Bethânia e Fagner, dentre muitos outros. Nos últimos anos, sua contribuição à música brasileira tem sido revalorizada com o lançamento de filmes e livros que enaltecem sua obra. O musical "O Eterno Aprendiz" cumpre, dessa forma, um papel essencial na difusão da memória do artista para diferentes públicos do país.

Mais informações pelo fone 3342 8030 e nas redes sociais: facebook.com/teatromanauara e instagram@teatromanauara.

SERVIÇO
O QUÊ: Musical “O Eterno Aprendiz Eterno – Gonzaguinha”

QUANDO: 31 de julho (sexta-feira) e 1º
de agosto (sábado)
HORÁRIO: 21h
ONDE: Teatro Manauara – Piso Buriti - Manauara Shopping (Av. Mario Ypiranga Monteiro, 1300 – Adrianópolis)
QUANTO: Setor A – R$ 60,00 (meia-entrada) / Setor B – R$ 50,00 (meia-entrada)

INFORMAÇÕES: (92) 3342 8030 / facebook: Teatro Manauara
VENDAS: Bilheteria do Teatro e site www.ingresse.com

REALIZAÇÃO: Mode On Marketing e Eventos

CLASSIFICAÇÃO: 14 ANOS

DURAÇÃO: 1h20

 

Publicidade


   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2021